5 dicas para deixar o cabelo masculino crescer

Confira as dicas para deixar o cabelo masculino crescer. Muitas delas são simples e não precisam da ajuda de especialistas.

Homem também é vaidoso e gosta de ter um cabelo que lhe fique bem. Alguns buscam por deixar o cabelo masculino crescer, pois querem ter os fios longos.

Quando se fala em deixar o cabelo crescer não significa que ele precise ir até a cintura, em alguns casos se busca apenas ela mais alongado, sem que passe do pescoço.

Não importa é para ter os cabelos bem longos ou apenas sem ficar curtinho, existem formas de fazer com que ele cresça saudável e de forma mais rápida.

  1. Dicas para deixar o cabelo masculino crescer

Quando se está com dificuldade para fazer o cabelo crescer é possível seguir algumas recomendações para acelerar esse processo. Confira:

  1. Estimule o couro cabeludo

Na hora de lavar o cabelo faça uma massagem no couro cabelo por alguns minutos. Isso também pode ser feito com o cabelo seco, massageando com a ponta dos dedos.

Ao fazer isso aumenta a circulação sanguínea no local e a circulação de nutrientes que contribuirão com o crescimento e deixará os fios mais bonitos.

3.Corte o cabelo regularmente

Aquela história de não cortar o cabelo para que ele fique grande não funciona muito bem. As pontas começam a danificar e ficam ressecadas e quebradiças, logo isso se espalha ao longo dos fios.

Quando se corta as pontas regularmente, as partes danificadas são retiradas e o organismo tem menos trabalho para repará-las e com menos trabalho acaba intensificando o crescimento dos cabelos.

  1. Cuidado ao pentear

Pentear os cabelos com os fios molhados exige mais cuidado, pois eles podem quebrar com mais facilidade. Se for fazer isso, opte por um pente adequado ao tipo de cabelo e não force, se, por exemplo, encontrar nós.

O ideal é pentear o cabelo seco e tomando cuidado para que não haja quebra, caso contrário ele crescerá, mas ficará todo danificado.

  1. Atenção aos produtos químicos

Evite passar o máximo de química no seu cabelo, pois elas podem danificar. Se for usar um gel, pomada ou outro produto modelador opte por um de boa qualidade e sempre lembre de tirar bem os resíduos após o uso, uma maquiagem capilar hair for man que sai fácil tá liberada.

Se não houver necessidade, evite uso de tintas e progressivas. A longo prazo se nota a diferença.

Se gostou dessas ficas e deseja receber outras, veja o vídeo.

Depois de conferir as dicas para deixar o cabelo masculino crescer é só seguir esses passos e em breve estar com fios alongados e como queria.

Alimentos para acabar com a celulite

Conviver com a celulite não é tarefa fácil. O ideal mesmo é se pudéssemos eliminá-las de uma vez por todas. Mas você sabia que há alguns alimentos que auxiliam nessa tarefa? Veja abaixo alimentos para acabar com a celulite, e dar adeus para os furinhos tão incômodos.

Assim, sem as marquinhas indesejadas, é possível utilizar qualquer roupa, sem ficar com medo de que marque, ou então, que elas possam aparecer de alguma maneira. Além de que, viver sem a celulite pode aumentar, e muito, a autoestima, já que as pessoas costumam sentir-se menos bonitas com a presença delas.

Nada melhor do que combater essas pequenas imperfeições apenas com a mudança de hábitos alimentares. Vale lembrar que uma dieta balanceada, aliada a exercícios físicos, é crucial para a prevenção e combate à celulite.

Por isso, conheça  alimentos para acabar com a celulite, e ainda começar a viver uma vida mais saudável.

1.Água

A água não é considerada exatamente como um alimento, mas é o primeiro item dessa lista porque a falta dela também é um dos fatores do aparecimento de celulites. A desidratação pode salientar as células de gordura causadoras de celulite, e assim, torna-las mais visíveis.

2. Frutas

As frutas também são bons alimentos para acabar com a celulite. Por serem boas fontes de água, elas também possuem fibras e nutrientes que auxiliam no combate a celulite. Além disso, a vitamina C, que normalmente está presente nas frutas, pode aumentar a produção de colágeno, que fortifica a pele e esconde a celulite.

  1. Vegetais

Os vegetais são excelentes fontes de nutrientes, e são essenciais na luta contra as celulites. Dentre os diversos existentes, vale ressaltar os vegetais proteicos, que como o próprio nome já diz, são fontes de proteína. Esses alimentos podem auxiliar na construção de músculos e diminuição da gordura, o que, além de acabar com a celulite, ainda deixa o corpo mais definido. Além disso, vegetais de folhas verdes podem hidratar e aumentar a elasticidade da pele, deixando-a mais saudável e reduzindo a aparência dos furinhos.

Agora que você já viu quais são os alimentos para acabar com a celulite, basta inclui-los em sua alimentação, ou então, aumentar o seu consumo.

Porém, vale lembrar que para combater os furinhos indesejados e, principalmente, manter-se saudável, o ideal é ter uma alimentação equilibrada e também usar bons produtos como o creme para celulite Celumax ajuda ainda mais no processo de prevenção ou diminuição das celulite.

Mas antes de ir, comenta aqui se você já conhece esses alimentos e se eles já fazem parte do seu dia-a-dia. Além disso, se conhece algum outro alimento que ajude a eliminar a celulite, não esqueça de também deixar a dica!

Como fortalecer os cabelos e acabar com a queda

Homens e mulheres estão suscetíveis a sofrer com a temível queda de cabelo. Quando isso acontece, o primeiro reflexo é procurar por alternativas caseiras para resolver esse problema. Se tem sofrido com esse problema, saiba que até mesmo os cuidados diários podem ser a causa dele, veja nesse vídeo algumas dicas sobre dadas pelo profissional Rodrigo Cintra:

 

Causas da queda de cabelo

São muitas as causas que podem promover a queda de cabelo e, consequentemente, diversos tipos de tratamento, tanto para casos leves até os mais graves. Essas são as causas mais comuns da queda de cabelo:

  • Fatores genéticos – algumas pessoas nascem com uma questão hereditária, que promove maior propensão ao raleamento e afinamento dos fios.
  • Déficit alimentar – ausência de algumas vitaminas, sais minerais essenciais para nosso organismo podem causar também a queda de cabelo.
  • Cuidado diário – o modo como lava e penteia os seus cabelos pode estar causando o enfraquecimento e a queda de cabelo.

  • Química e excesso de calor – a química e o excesso de calor podem causar a perda de aminoácidos, lipídios e outros nutrientes, fazendo com que os fios percam a vitalidade.
  • Estresse – o estresse aumenta os níveis de cortisol no sangue. E isso pode originar entre outras coisas a queda de cabelo.
  • Distúrbios hormonais – problemas de produção hormonal são a causa mais comum na queda de cabelo feminina, assim como o hipotireoidismo.

Tratamentos para a queda de cabelo

Antes de tentar alguns dos tratamentos a seguir, é preciso que consulte um médico dermatologista para que ele possa diagnosticar a causa exata do seu problema e a solução ideal.

  • Soluções naturais – existem muitos métodos caseiros, de uso tópico (direto no couro cabeludo) para ativar o crescimento do cabelo, como uso da babosa, alecrim, óleo de coco e óleo de rícino.
  • Massagem capilar – ao lavar o cabelo você pode massagear o couro cabeludo, lentamente e em movimentos circulares para poder ativar a circulação sanguínea e aumentar o crescimento dos cabelos.
  • Produtos específicos – existem também produtos de uso tópico disponíveis no mercado, específicos para o tratamento da queda de cabelo.
  • Suplementos alimentares – existem diversos suplementos alimentares disponíveis no mercado que repõem as vitaminas e os sais minerais que nosso organismo precisa, programa de reconstrução capilar Hairloss Blocker é ótimo para acabar com a queda de cabelo.
  • Implante capilar – para casos hereditários e mais severos, o tratamento mais indicado é o implante de fios naturais.

As soluções naturais e cuidados diários para que isso não aconteça são importantes e podem ser seguidas sem restrições. Mas é importante que procure seu médico dermatologista antes de tentar qualquer outra alternativa por conta própria. Tentar resolver esse problema sozinho não é recomendado, e pode acabar agravando o problema.